Distanciamento… não é Só Social Nova ERA (?) ALEGRIA Realidades Paralelas

É interessante observar os efeitos que a pandemia está a revelar… Não é possivel ficar indiferente às distintas realidades de”mentes”.

Há quem fale numa nova era, há quem diga que não é para já. Uma coisa sabemos, seja lá em que é “A NOVA ERA”, isto é diferente de tudo o que já vivemos. E dizem que até fevereiro muito está por acontecer.

Previsões imprevissivéis à parte, observemos o que temos até aqui: Cadeias de lojas a falir, restaurantes, bares e discotecas a fechar, artesãos falidos, feirantes sem feiras, hotéis sem turistas , tuk tuk na garagem, cultura sem vida, milhares de profissionais do espectaculo parados, graves dificuldades financeiras para milhares de familias… hospitais lotados, doenças cronicas sem assistência, novos cancros tratados em casa, população com medo de morrer. De um outro lado, redes sociais a convidar para a futilidade, canais de televisao alimentam rivalidades, regressam à luta da exclusividade, por raiva e por audiências. Figuras ditas publicas a postarem fotos de grandes presentes para os seus filhos, com exposição de arvores de natal em todas as suas casas, revelaçoes incriveis sobre os infindáveis brinquedos que tem para os filhos e as preocupações com a dimensão de carrinhas para os transportar até casa… Enquanto isso outros preocupam-se em perceber o tipo de carrinha que precisam pedir emprestada para recolher 100Kg de peixe gentilmente cedido para 250 familias em dificuldades … ainda há os que sem qualquer custo, prestam apoio a quem precisa, pela consciência de que cada pessoa melhorada melhor fica a humanidade!

Podem perguntar “Então mas temos de estar todos na miséria e tristes ? “

Estamos numa crise humanitaria GLOBAL… Há quem espere que a mudança de ERA traga efeitos mágicos para a humanidade. Eu não creio em mudanças magicas, sem a mudança efectiva dentro de cada um de nós. Nesse sentido acredito que o mundo pode mudar de ERA as vezes que quiser… Que tudo ficará na mesma…

Para mudar temos de mudar atitudes e interesses: A mim não me faria sentido ganhar muito mais do que preciso para viver, sabendo que isso iría retirar valor justo para muitos outros ligados ao mesmo projecto, a mim nao me faz sentido um natal cheio de “Prendas” quando os meus colegas não tem que comer, a mim não me faz sentido lutar pela minha equipa e pelos meus orçamentos, sabendo que para cumprirem com o meu, baixam outros …. a mim não me faz sentido este pensamento inconsciente de uma humanidade infantilizada que vive como se o outro não fosse importante…

A pandemia traz à luz estes universos paralelos e não há como não os ver, neste momento são demasiado evidentes … No dito mundo do mediatismo e das figuras publicas, (que todos os dias se mostram e por isso podem ser alvo de análise), também chamados de artistas é bastante visivel a diferença, até porque o meio é dos mais molestados com a pandemia: Há os que se suicidam por avistar a miséria, os que não aparecem por vergonha da pobrezaa, os que passam mal e pedem ajuda e depois a grande minoria que trabalha e perante este cenário não se coibe de ostentar vidas perfeitas como se estivessem a viver numa REALIDADE PARALELA … esquecendo-se que muitos colegas e o seu publico está doente… está fragilizado… está assustado…Vivem como se habitassem num outro planeta… sem compassividade nenhuma só focados nos seus umbigos, nas suas arvores de Natal e nos presentes excessivos para os seus filhos!

E Não, não temos de viver todos na miséria e tristes…Mas sim conscientes do mundo à nossa volta.

Quando vivemos na consciência do outro, existe uma alegria imensa e é aí que começamos a escolher de que lado queremos viver….

Um dia disse à astróloga Maria Flavia Monsaraz, que precisava de sentir alegria, que achava que era demasiado séria. Na mesma conversa manifestei-lhe o sentimento de plenitude quando alguám saía das minhas sessões transformado. A Maria Flávia disse me algo que nunca me esquecerei ” Querida Ana o mundo está todo invertido essa plenitude é a maior Alegria que podemos sentir. Alegria é fazer a diferença na vida do outro e lembra-te que o que fazes pela humanidade, quando levas paz a alguém, não há dinheiro que pague”

Estamos a ser convidados a observar com clareza, no meio desta grande confusão…

Entre estes universos é-me fácil escolher de que lado ficar… Boa Travessia!!

A Alegria de Eu ser Igual a Ti – By RitaJesus

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s