Em extinção…RESET

A Ana confessa que não é desse tipo de “coisas”, mas a convite de uma amiga aceitou participar de uma conversa e ritual sobre a evoluçao da espécie.

“Senti que algo em mim mudou de um dia para o outro… no dia seguinte comecei a olhar para nós “seres humanos” e para o planeta, como uma casa totalmente desarrumada, imunda, tudo partido, fora do lugar, um daqueles cenários que de tão desorganizado estar, só dá vontade de virar costas… só que não dá, não temos outro planeta para onde ir…”

Ana confessa que, Dia após dia foram surgindo perguntas:

  • Precisamos mesmo de tudo o que consumimos ?
  • Precisamos mesmo de empresas tão grandes a tomar conta da nossa alimentação e cura, de forma completamente irresponsavel ?
  • Precisamos mesmo de tantos estilos de roupa e de uma diversidade tão grande ?
  • Precisamos mesmo de tantos estilos diferentes de casas, e mobiliarios e carros ?
  • Precisamos mesmo assim tanto de sucesso e de fama e de ter muito?
  • Precisamos assim tanto de ter mais e mais e mais….de ser os melhores e os primeiros a chegar
  • Precisamos assim tanto disto tudo ??????

A enconomia colapsou porque as pessoas passaram a comprar apenas aquilo que precisam… “Esta foi uma frase que girou pelas redes sociais durante o confinamento!

Precisaremos mesmo de trabalhar sol a sol para investir os nossos rendimentos em mobiliario, roupas, comida de plástico, jóias , carros, motas, serviços de beleza e estetica, adereços…etc etc… Será mesmo o nosso propósito, viver uma vida inteira a desejar coisas que temos de comprar ? mascarando a nossa essência e ferindo o planeta diariamente ???

Teremos mesmo de aprender todos da mesma maneira, suprimindo os talentos e vocações naturais da unicidade. Será possivel sermos avaliados todos da mesma maneira ???

Teremos mesmo de abdicar das nossas emoções em detrimento dos nossos objectivos ? , teremos mesmo de nos esconder de quem realmente somos para nos relacionar-mos ?

Que modelo é este em que vivemos ?

Já disse várias vezes que fomos geniais na forma como nos organizamos socialmente, no entanto perdemos a noção e a consciência de que vivemos num planeta que se renova dentro de certos limites. Tornámo-nos primitivos e estupidificados, com toda a inteligência que nos foi concedida… cegamos, não soubemos usar a liberdade e perdemos a noção absoluta de que somos parte deste planeta e que a nossa sobrevivencia depende do seu estado.

O que precisamos de mudar para que este modelo de sociedade se aproxime de um modelo mais perfeito ?

  • apenas consumir o que necessitamos
  • gerir os recursos naturais com responsabilidade social e ambiental
  • olhar para a nossa saude mental e emocional como o pilar da nossa existencia
  • consumir diariamente, conscientes da necessidade de reposição dos recursos naturais que usamos.
  • agradecer diariamento por cada coisa que usamos.
  • produzir apenas o que é necessário.
  • retirar da nossa alimentaçao e hábitos tudo o que é superfulo processado e pouco saudável para os nossos corpos e mentes.
  • Decidir Viver no SER em vez de viver no TER e no PARECER.
  • Cada um investir num proposito de vida que beneficie todos, humanos, especies animais e vegetais e o planeta em geral.
  • Definir objetivos individuais em atenção ao todo. Só será bom para mim se não prejudicar especies e o planeta… ou só será bom para mim se for bom para muitos!
  • …..
  • ….

Estaremos em extinção ?

Diria que em nós está quase extinta consciência de que somos uma energia parte de um grande universo, temos uma essência unica e divina. Com tanta oferta que criámos para consumo próprio, perdemos o respeito ao nosso corpo, á nossa mente e ao nosso espirito, como poderemos respeitar o outro, o planeta e tudo o que o compõe, Se não temos respeito ALGUM por o nosso proprio corpo, mente e espirito?!

Se estamos em extinção ? Não sabemos…

Se podemos fazer alguma coisa para mudar ?

É agora o tempo de AGIR, chega de questionamentos e duvidas, o mundo vai mudar, aproveitemos a boleia para mudar de direção.

Quanto aos rituais, nada mais fazem que nos ajudar a refletir e possivelmente elevar a consciencia. Sobre onde cada um chegará, depende do seu estado evolutivo.

Creio que, assim como podemos destruir , podemos construir… Somos parte de um grande sistema, que algures numa encruzilhada, escolheu um rumo pouco inteligente. A humanidade nesta nossa Era é uma criança, podemos por isso re-ajustar tudo, voltar um pouco atrás e mudar de rumo… Não sei se há muito tempo, ninguem sabe… mas podemos começar agora!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s