Perspectivas…Alimentares! Animais em Stand By

Quando fazemos um regime alimentar diferente da maioria das pessoas que nos rodeiam, a nossa opção alimentar é muitas vezes tema de discussão, apreciação, aprovação ou critica.

Uns falam como se estivéssemos a atentar contra alguma coisa, outros como se fosse completamente errado, outros ainda acham que são manias de superioridade como se aquilo que ingerimos nos deixasse num status diferente em relação a outros,  outros balbuciam como se fossemos ficar doentes, desnutridos e incapazes. E outros gostam de saber quais nossas motivações. Foi o caso da Matilde e a conversa que tivemos deu origem a este texto.

Cada um come o que quer, como quer e como pode. Existem pessoas que tem uma dieta baseada apenas em carne, outras apenas em peixe, de qualidade superior ou inferior, outros comem à base de enlatados, processados e fritos e outros optam por novos tipos de alimentação pelos mais variados motivos e motivações fruto da evolução sócio cultural.

É natural que exista uma resistência,  perante aqueles que por diversos motivos escolheram ser vegetarianos ou vegans, porque fogem dos padrões.  As motivações pessoais de cada um, dizem respeito a cada um, mas neste momento as opções alimentares de cada um mais do que nunca dizem respeito ao todo e esta consciência, deveria comer à mesa com cada um de nós: “O que é que foi preciso acontecer para que esta refeição chegue ao meu prato? “.

A conversa começou por ter optado desde há 6 anos por uma dieta vegetariana.  A Matilde perguntou-me  :

Porque é que é vegetariana ?

Respondi: Tornei me vegetariana e aboli a carne e o peixe da minha alimentação definitivamente há 6 anos porque entendo que é preciso tomar medidas drásticas para equilibrar o planeta.

O que quer dizer com isso ?

Quero dizer que a minha opção é meramente preventiva,  deixei o consumo de carne e peixe em STAND BY, adorava poder continuar a comer  por mês, oito refeições de  origem animal , duas vezes por semana.  Se todos fizéssemos isso, conseguiríamos rapidamente re-estabelecer o equilíbrio na produção de gado e peixes de viveiro. Aumentando a qualidade do que comemos e do ar que respiramos. Mas enquanto se insistir numa alimentação baseada em carne e peixe, é necessário que exista quem abdique totalmente em busca de algum equilíbrio e essa foi a minha opção.

Quer dizer com isso que assume o vegetarianismo como uma missão  ?

Sim é a minha parte em prol do planeta, aliado a outras acções,  reciclo, evito o plástico, dou primazia aos materiais reciclados, evito os produtos de origem animal embalados industrialmente (iogurtes, pack de manteiga), compro ovos caseiros,   fruta na praça, uso sacos recicláveis, recupero e transformo utensílios, compro o necessário, excluo produtos com mão infantil, procuro o mercado a granel,  poupo energia e dou o meu melhor a todos que se cruzam comigo.

Neste momento ser vegetariana é uma opção tomada em consciência e  uma das formas que tenho para contribuir para a preservação do nosso planeta.

Como é comer alternativo ?

O meu caminho pela alimentação alternativa começou aos 15 anos, quando resolvi que 68kg era muito peso para uma miuda de um metro e meio. Não queria tomar nada químico para emagrecer e  muito menos deixar de comer, a macrobiótica dava os primeiros passos em Portugal e achei que mudar o meu regime, talvez fosse a solução para encontrar um corpo saudável.  Nessa época única loja Celeiro que se situava no Rossio, começou a ser meu supermercado de eleição e a fábrica da Provida perto de minha casa,  ajudaram-me nesta viagem por uma alimentação diferente.

A partir daí foi sempre vegetariana ?

Não. Retirei as carnes vermelhas aos 17 anos e essa foi a decisão que perdurou até hoje. Comecei a fazer uma alimentação com base em legumes, frutas, vegetais, cereais e leguminosas,  com alguma carne branca e peixe pelo meio.  Fiz uma alimentação com base na macrobiótica, de vez em quando comia peixe;  polvo, lulas, chocos e marisco. O meu foco era manter  um corpo e mente saudáveis. Sempre achei que o ideal seria fazermos por semana 3 refeições de origem animal,

Quando teve filhos como foi ?

Tive filhos e nunca lhes impus dietas rígidas , achei importante que experimentassem de tudo,  peixe e carne de qualidade e claro uma grande diversidade de legumes, vegetais, cereais,  leguminosas e frutas.  A minha única preocupação com a sua alimentação,  era fugir dos processados; papas, cereais com excesso de açúcar e aditivos, chocolates , gomas, bolachas, bolycaos , batatas fritas, doritos, refrigerantes, enlatados. Para isso dia a dia apostei sempre em bolos caseiros,  sobremesas saudáveis, sconnes, crepes e sempre à disposição muita fruta fresca, frutos secos e gelados naturais.  Se em casa a alimentação for equilibrada, a oferta de comida de plástico e os alimentos processados não vingam.

E como passaram pelas tentações da infância ?

Refere-se a Mc Donalds, Burger King e afins ?!

-Sim , os Happy meals e afins !- exclamou a Matilde

-Ficou sempre tudo à disposição, nunca foram proibidos de comer nada e eu fui com eles, não por sistema mas fomos. Eu nunca comi um Hamburger Mc Donalds,  mas comia salada e sopa, a forma de os poder acompanhar.  Acho que só podemos escolher conscientemente quando conhecemos todas as opções. Os meus filhos cedo perceberam que não era por ali, mas passaram por lá.

Um vegetariano come mais saudável ?

Depende da dieta que faz.  Um vegetariano pode comer só à base de fritos ou não combinar os alimentos de forma a lhe fornecerem os nutrientes que necessita. Ser  vegetariano não é sinónimo de Saude!

E um vegan é mais saudável ?

Da mesma forma vai depender muito da dieta que escolhe fazer. Existem substitutos de ovos e laticínios, mel, gordura animal etc. Se os produtos de origem animal provocarem um grande desiquilibrio ambiental, também é importante equilibrar o seu consumo.

Eu não acho que tudo aquilo que comemos esteja errado. O homem usou para se alimentar o que a terra e os animais dão. Em tempos de carência foram experimentando e explorando ingredientes. Os processos de fermentação a descoberta de meios de conservação e preservação de produtos de origem animal e vegetal é absolutamente maravilhoso. Toda esta descoberta pela sobrevivência e nutrição da nossa espécie deve ser respeitada e renunciar a todo esse conhecimento e história de sobrevivência, nunca me fez muito sentido.

Então vê a sua dieta, apenas como forma de re-equilibrar o consumo,   pelo preservação  planeta?

É isso mesmo , é preciso re-educar o estômago global, o excesso de Carne que se consome em todo o mundo, levou a uma reprodução

images-4em massa de bovinos, já todos ouvimos falar que a criação de gado está a ser uma das maiores causas para o aquecimento global, no brasil existem mais cabeças de gado que pessoas, devido ao grande negócio da carne. A reprodução excessiva de animais de grande porte e o gás metano que estes emitem (através de respiração, fezes, arrotos ) estão a sobrecarregar a atmosfera,  que  ao não ter capacidade para se regenerar, cria efeito de estufa,  apontado como uma das grandes causas para o aquecimento global. 

E a qualidade do que se come ?

-Esse é o outro motivo que nos deveria levar a repensar os hábitos alimentares em todos as áreas da industria alimentar,  mas um passo de cada vez. No que diz respeito à carne e peixe … Estamos a comer derivados e carne de  animais nutridos com rações para rápido crescimento de qualidade  duvidosa, as doenças são muitas vezes escondidas e seguem para consumo. A febre pelo lucro e a ganância  é tão grande que os detentores destes negócios perderam a consciência de que o alimento é a base da saúde. Vale tudo para vender… Travar o consumo  de carne e peixe, de forma consciente,  é travar esta loucura,  e zelar pela saude pública desta e das gerações vindouras!

Se somos o que comemos … quem seremos nos próximos anos !?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s