GENTILEZA VS REDES SOCIAIS

images-3

Foi pela mão da meditação que iniciei o meu caminho, na direcção de uma consciência maior e tive a sorte de encontrar bons homens e boas mulheres, que me convidaram a ser gentil! E antes de ser gentil com oss outros convidaram me a ser gentil comigo, a dar-me tempo, a aceitar todas as escolhas que tinha feito até ali em outra consciência, a reunir aprendizagem, a largar os julgamentos e auto-culpa e a ter gentileza comigo neste processo de aprendizagem. Um dos grandes bloqueadores da nossa evolução é a auto-critica que nos fazemos diariamente, a não aceitação das nossas escolhas em diferentes estágios da vida. Escutei repetidas vezes:

– Não te julgues, observa-te , não desvalorizes as experiências, agradece-lhes, não te envergonhes do caminho , sê compassivo, porque foi ele que te fez chegar aqui!

Fez me sentido e comecei a praticar, em mim primeiro! E com o tempo dei comigo a fazer aos outros exactamente o que me fiz… observando com o coração os seus actos, a agradecer cada experiência que trazem a mim que me enriquece e abrem novas visões e a ter uma enorme compaixão, por a experiência de cada um e por todos os desafios a que são expostos.

Nas minhas redes já postei diversas vezes a expressão Gentileza Gera Gentileza porque acredito que nunca foi tão fácil gerar GENTILEZA… contaminar Gentileza

Unknown

Hoje quando passeava no INSTA alguém postou umas fotos num outro país, num hotel de luxo, orgulhando-se da vida boa que está a ter… É mesmo preciso ostentar isto ? Qual a intenção ? Qual a intensidade desta mensagem ? Será para atingir alguém ? Será para demarcar posições ? Faria o mesmo se tivesse na mesma cidade numa pensão ? Até chegar ao hotel não encontrou mais local nenhum que a situasse para os seus seguidores ?

Que responsabilidade temos sobre os nossos post ?

Há uns dias por motivos de trabalho, estive num hotel de 5 ***** e duas raparigas que faziam check in ao meu lado, em nome de uma empresa para a qual iam trabalhar, comentavam que tinham de tirar fotos para o INSTA, “elas vão morrer de inveja!”

Fiquei a pensar na maldade desta intenção e que se por acaso eu colocasse uma foto neste hotel, colocaria também a legenda :

“adorava ir dormir a casa, mas hoje fico por aqui, nem sei quanto custa o quarto porque é uma das condições incluídas no contrato de prestação de serviços, sou tão empregada deste hotel como cada pessoa que aqui trabalha, só que hoje durmo cá. Sou muito grata por poder visitar um sitio destes mas gosto mesmo é de dormir em minha casa”

Com esta legenda posso partilhar fotos de SPA , de Refeições, de Quartos com Vista para o Mar e acima de tudo SER nas REDES SOCIAIS exactamente aquilo que sou fora delas ! E isto é ser Generosa comigo e com os outros! Não me convenço nem a mim nem aos outros de realidades ilusórias!

É exagerada esta minha postura ?

Quando estamos conscientes da sociedade em que vivemos, em que o parecer vale mais que tudo e que estas realidades ilusórias geram sofrimento, sentimentos de raiva e revolta, é nossa obrigação mostrar que nem tudo o que parece É e é também o nosso dever não alimentar sentimentos de superioridade e confrontar-nos com a verdadeira utilidade daquilo que partilhamos, em prol de quê ? Qual a intenção ? …

Ser generoso, pode passar por não partilhar alguns contextos, ainda que tenhamos vontade, porque não vão acrescentar nada à vida dos outros, servindo apenas o nosso Ostentivo, prepotente e Vaidoso EGO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s