Liberdade – Ousar Fazer Diferente com atenção ao outro…

25 de Abril 1974 – A libertação de um pais de um regime fascista para um regime democrático.

Festejamos uma data, mas na verdade a liberdade começou muito antes, no coraçao de todos aqueles que ousaram fazer diferente e desafiaram as regras.

De que forma a musica ajudou à revolução  ?

Poetas e musicos , chamados de “artistas” de intervençao, tornearam o sistema,  para não verem os seus poemas e textos cortados pelo estado. Re-inventaram-se artisticamente. Os textos eram escritos com intenção de despertar a atençao do povo, através de temas inocentes,  do quotidiano e quase infantis metaforas com animais;  “formigas”,  “galinhas” , “gaivotas”.  Passavam despercebidos ,na censura mas chegando aos ouvidos de cada um a mensagem era muito maior, se por um lado reconfortavam e davam esperança e força, àqueles que pensavam estar sozinhos nas suas silenciosas revoltas,  por outro despertavam a esperança adormecida dos mais assustados, resignados e submissos. E assim se foi comunicando que algo poderia acontecer…A musica assumiu um papel muito importante na disseminação da mensagem de que a liberdade poderia estar próxima e na motivação do povo. Musicos transformaram-se em mensageiros e a musica era apenas, o meio de que dispunham para atingir um fim, em nome da liberdade de todos. Foram por isso homens de uma missão maior, que por acaso e porque  apenas sabiam, escrever,  tocar e cantar, ajudaram numa causa com o que tinham ao seu alcance,  para fazer face ao que queriam mudar.

Essa é para mim a maior aprendizagem que estes homens me trouxeram. Dando o nosso melhor e usando o que está ao nosso alcance, podemos sempre fazer do mundo um lugar melhor para viver…Basta sentir liberdade para o fazer…

A Liberdade está no coração de cada um… e com ela vem a confiança!

Ontem em conversa o Joel questionava-se sobre a sua vida e os seus objectivo actuais. Sente-se perdido. Convidei-o a visitar um dos momentos da vida em que se sentiu capaz.

-Tive um negocio, não percebia nada daquilo, não tinha qualquer estudo de mercado, fazia o que me apetecia e tinha sempre sucesso. Mesmo quando combinava cores que mais ninguem combinava, tinha sucesso!

-Hoje acredita que teria que ter estudos para fazer isso ?

-Sim , eu não percebia nada daquilo fazia o que me mandava a minha intuição!

-Lembra-se que sentimento tinha quando se propunha a fazer essas experiencias, que mais ninguem fazia  ?

– Liberdade,  sentia que podia fazer diferente, arriscava e confiava…

-Se eu lhe perguntar , Qual o sentimento precisa de re- conquistar para avançar para algo novo ?

O Joel sorriu para mim, com aquele ar que alguns clientes fazem que sem perguntar perguntam: ” como não vi isto antes ?” e respondeu-me

– Liberdade, preciso de sentir liberdade… confiar plenamente no que sinto que devo fazer… misturar as cores que mais ninguem mistura!

A cada um de nós desejo, um feliz caminho em Liberdade… Confiantes de que podemos tornar o mundo um local melhor para viver, com aquilo que temos ao nosso alcance…E assim faz-me sentido invocar  25 ABRIL sempre.

Unknown

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s