Diz-me do que RIS

A moda de fazer rir a qualquer custo…o Hábito de Rir de tudo…

A arte de fazer rir… é igual à arte de fazer dançar, ou cantar!

O que a define é o Conteúdo:

Dançar ao som de sons e notas harmoniosas tem um poder curativo para todos os orgãos do nosso corpo, mente e universo célular. E segundo Masaru Emoto que analisou as moléculas de água, ” os cristais de água quando expostos a música clássica e harmoniosa, ficam bonitos e simétricos, ao passo que os cristais de água que escutam música pop rock ficam feios e desfigurados.

Por outro lado por muito afinados que sejamos, as palavras, o tom e a mensagem que cantamos tem um efeito construtivo ou destrutivo do sentido e das emoçoes de quem escuta. Não basta cantar é preciso algo mais… sempre foram as palavras, os poemas e a mensagem que imortalizaram musicas e cantores… a musica vazia de sentido, cai no esquecimento não acrescenta nada….

O instrumentista alinhado com o universo, conduz à meditação e à reflexão… o Instrumentista alinhado apenas com as emoções terrenas, com a revolta e com a raiva, inquieta a mente e o coração…

O mesmo se passa com o Riso. De nada vale o talento e a capacidade de fazer rir plateias esgotadas, quando as piadas são vazias ou mesmo que geniais, são requintadas sobre o absurdo do outro, inferiorizam e desconsideram. Quando confrontados usam o pretexto de ser no gozo ou em brincadeira, mas entretanto cultivam a critica e o julgamento ao que o outro é, ridicularizam e reforçam diferenças e vulnerabilidades e é este o nutriente do seu humor e o exemplo subtil que levam ao seu publico e eternizam em cada espectaculo. Esta acção social deveria ser levada a sério … afinal daqui podem nascer muitos bullys!

Muitos ficam espantados por eu assumir que nunca gostei de Humor. Não tem a ver com humor facil ou de elite… mas sim da responsabilidade social do que se faz… Este não gostar, fez surgir um desafio ou uma provação. Faço o management, gestão e coordenação de produção de um musical humorístico há 16 anos. Foi um desafio que aceitei e ainda bem , porque percebi claramente que afinal gosto de humor e é possivel fazer humor consciente para grandes massas. Após mais de 400 espectaculos, algumas Produçoes próprias para televisão, produçao de Video clips, ediçao de 5 cd’s e muitas outras acções, afirmo que para fazer rir não é preciso estupidificar, não é preciso descurar, não é preciso descredibilizar tudo e todos. Este projecto que conduzo, já passou em frente a milhares de portugueses é um convite ao riso sem vitimas, a representaçao de um personagem que não existe e que é na ridicularização que tenta fazer ao outro que é ele próprio ridicularizado, uma inversão de papeis… tudo é irreal tudo o que o leva a dizer mal é fruto de uma realidade construída na sua cabeça, pode ser o alter ego de qualquer humorista ou de qualquer um de nós… um personagem que revela que só gozamos com aquilo que não sabemos gerir em nós… e que o modelo que cada um usa para fazer RIR, diz muito de SI e da forma como se movimenta no mundo!

E depois neste projecto ainda há a musica, e o talento irrepreensível dos musicos, a desmistificação do EGO do Artista e a liberdade para que cada membro se manifeste, mostrando ao publico que precisamos ter voz…

E fora do palco o trabalho de equipa, o talento dos tecnicos e a vida real de cada um… e por fim o respeito e gratidão ao publico que ao longo de 16 anos se ri mesmo sem saber que tudo o que fazemos é com enorme respeito ao seu ser , à sua mente e a cada célula do seu corpo… tudo de forma consciente para que saia de cada espectáculo quimicamente equlibrado e em harmonia…Este é o Humor de que gosto!…

Feliz dia do Riso!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s