Duas Faces do Digital Para um Mundo Melhor…ou Pior(?)

O Miguel está sem paciência…

A Luisa fica ansiosa pelas redes sociais em busca de algo de novo!

O Afonso encomendou uns ténis na net e a espera pela encomenda está deixa-lo ansioso…

O Filipe não chegou a ver os tennis que procurava , porque o site levou mais que 2 segundos a abrir…

A Margarida fica irritada com a lentidão da mãe mexer no telefone…

O João nem sabia que no google existia uma segunda página… se não aparece na primeira página é porque não existe o que busca !

O Duarte partiu o telefone irritado com um post, quando afinal a ex não estava com um novo namorado mas sim com uma amiga transexual…

Enquanto uns aprendem que é fudamental respirar fundo, apreciar o caminho e observar, outros acreditam que tudo tem de ser rapido e não tem tempo a perder nem paciência com o que não lhes aparece à frente em tempo record nem com o que não desperta os sentidos ou surpreende em milésimos de segundo!

Movimento SCROLL… sabe o que é ?

É um novo movimento que todos fazemos com os dedos, quando estamos a andar pelos social: media facebook, INSTAGRAM, Pinterest, TikTOK e vamos passeando de post em POST.

Não há arte nenhuma em fazer este movimento, a arte está em levar a que os dedos parem num determinado post e captem a atenção de quem o faz… Mas não é de SCROLL que quero falar, mas sim da velocidade com que se descarta informação por falta de paciência…ou de tempo… ou porque já estão criadas novas crenças de que só posso parar no que me surpreende… ou então acreditar que só o que me surpreende e impacta em segundos é importante para mim…

Afinal o que se está a passar ? Será este movimento de “SCROLLING” o equivalente ao movimento de há umas decadas atrás de LER apenas as letras Gordas nas revistas e jornais com a pretensão de ficar informado ?…

Não existe capacidade avaliativa nestes movimentos frenéticos, nem tão pouco percepção do que interessa ou não interessa. Não creio na perspicácia geracional só porque sim… Só um fenomeno “METAFISICO” tecnológico que actuasse na nossa genética poderia transmutar a forma como percepcionamos as informações, ao ponto de não necessitarmos de ver um video e ler um texto até ao fim para saber do que se trata. Como o fenómeno Metafísico não aconteceu não podemos associar este comportamento a prespicácia, clarividência ou nova precepcão “geracional” extra sensorial, mas claramente comportamentos igualmente preguiçosos comos os de outrora , de ler apenas as “letras(gordas) Bold” dos jornais com a agravante acrescentada da busca desenfreada e ansiosa por ser supreendido em poucos segundos…

Seja em horas, segundos, maturidade, experiência, intensidade ou vivência o tempo existirá sempre para nos trazer aprendizagem. Mas para isso é preciso que estejamos disponiveis para escutar, vivenciar e experienciar informação. Por exemplo:

“Assisti a uma palestra de um Neurocientista que acompanho a algum tempo e ao escutar o inicio da palestra, pensei em sair porque ele se estaria a repetir… insisti e fiquei e ainda bem que fiquei, porque ele tinha coisas novas para dizer e também para me relembrar” Se não tivesse disponivel, teria perdido uma oportunidade de crescimento.

De onde vem esta ansiedade ?

Em jeito de reflexão, percebo que esta nova forma ansiosa de “selecionar” informação seja também fruto de um tempo onde as fontes são tantas que perdemos capacidade para as apreciar, por outro lado talvez estejamos aditos do efeito surpresa com que os media nos presentearam nestes ultimos anos. Um presente envenenado quer para o publico quer para os criadores de conteudos, estes ultimos são cada vez mais descartáveis … É um tema complexo… Uma complexa loucura que deixa muito para refletir… Que há uma grande dose de ansiedade neste comportamento é inegável.

Estudo indicam:

Não há tempo para esperar que paginas abram para além de 2 segundos , qualquer pagina WEB se leva mais de dois segundos a abrir o publico vai embora.

Não há tempo para ver um video do principio ao fim no facebook ou no Instagram… com a justificação que não ando lá para isso, mas para ver, ver ,ver muita coisa…

SKROLL é feito no telemóvel à velocidade da Luz…e só param atraidos por numeros, movimentos estratégicos ou imagens apelativas.

Como não temos visões e percepçoes de super heróis, o que acontece com a informação recebemos quando não a exploramos:

Mensagem fica a meio não acrescentando conhecimento nem promovendo desenvolvimento cognitivo.

A interpretação da informação recebida é deturpada e muitas vezes partilhada de forma inconsciente.

Seremos mais permeáveis à manipulaçao pelos criadores de conteudos que farão tudo para vender os seus produtos aos nossos mapas mentais.

A capacidade de analise profunda e assertiva será substituda por analise perigosamente superficial

Este comportamento leva-nos a um caminho de risco, onde as portas para a ignorancia ficam escancaradas para que a sociedade se perca nela. É assim que nascem os grandes sistemas que manipulam as massas.

O mundo digital tem tudo para fazer Diferente… A forma com o usarmos pode fazer a diferença no futuro da humanidade… Existam homens e mulheres de bem e entregar informaçao útil que desperte a atençao dos usuários , que os faça evoluir e crescer como pessoas fundamentais para fazer do mundo um lugar melhor para viver!

Que a Era DIGITAL mude a ERA das “LETRAS Gordas” dos Jornais… Que os nossos jovens abram os olhos e consigam ler nas entrelinhas!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s