A Ignorancia e o sucesso

Ao longo de 30 anos tenho lidado de perto com os efeitos do sucesso…

Trabalhei sempre para levar ao publico, produtos “culturalmente” ricos e benéficos.

Fiz sempre questão que a musica, representação ou humor que produzo acrescentasse algo de positivo e construtivo aos sentidos de quem a recebe. Nunca quis trabalhar para, nem com os Egos dos artistas e por isso sempre fugi dos que me eram mais evidentes. Nem sempre consegui fugir totalmente porque o SUCESSO quando surge não avisa as transformações que vai provocar nas pessoas que o recebem.

Sempre tive facilidade em assumir a minha posição frente a esses EGOS, porque tenho presente todo o processo antes e depois, e nada muda para alem de se ter um grupo grande de pessoas a gostar daquela perfomance…

Tenho sempre bem presente a origem do artista e do produto antes do EGO ou do sucesso… por isso SEI que o sucesso não valida nada mais do que a musica que se cantou ou a piada que se disse…Imagine ter de aplaudir o cirurgião que o operou aos intestinos a cantar num espectaculo sem que perceba nada de musica ?!!!! Seria Ridiculo ? Pois é tão ridículo isso, como você comprar um carro , uma almofada, um creme para a cara, ou um patê de atum, porque um artista que você segue também!

Enfim se há uns anos já achava ridículo um artista achar que as suas escolhas eram as certas, só porque fez uma personagem numa novela , ou porque a sua musica é um Hit, hoje em dia a prepotência de qualquer sujeito “artista” querer influenciar pessoas, é aos meus olhos absurdo…E o jogo é ainda mais promiscuo, porque as suas opiniões são na maioria das vezes compradas… estão a receber dividendos para o fazer ( um post 1000€ e uma Storie 500€) e os pategos a comprar LOL… Os caminhos do sucesso dos dias de hoje é um fenómeno que assusta.

E o fenómeno que me assusta é a grande promiscuidade que existe entre o efeito do SUCESSO por um qualquer programa ou área de entretenimento que se faz e a ARROGÂNCIA de se achar que esse sucesso confere “credibilidade” para se emitir retórica de qualquer natureza…

Pior ainda, quando a PESSOA que tem sucesso achar que o facto de ter um microfone na mão lhe dá poder para comunicar em seu nome realidades e visões que não lhe pertencem,

Neste ultimo mês assiti a um dos fenómenos mais geniais que define bem a natureza dos que estudam, daqueles que detém e buscam conhecimento e por isso são uns “não deslumbrados” e não andam em busca de um pódio qualquer;

Solicitei a um investigador especializado numa determinada matéria que gravasse uma entrevista para um artigo, vou chamar-lhe o Dr X .

O Dr X por estar demasiado ocupado declinou o pedido e encaminhou-me para uma universidade, Quando contactei a universidade disseram-me que o (mesmo) Dr X era a pessoa ideal para falar sobre esse assunto.

Como produtora que sou, precisei accionar os meus conhecimentos e entrei em contato com um amigo, investigador e professor catedrático. A sua actuaçao é numa àrea paralela, mas disse de imediato que a melhor pessoa para me falar sobre esse assunto era o Dr X, disse-lhe que o Dr X tinha declinado e por isso encaminhou-me para um Professor Catedrático Jubilado (reformado) dentro da mesma àrea do Dr X, Este gentilmente me respondeu que a pessoa indicada para falar sobre esse assunto seria o Dr X, Mas desta vez o Dr X vinha em CC. O meu email foi encaminhado para a Universidade e passados alguns dias recebi um email da Dr W , com conhecimento de todos a propor-se para a entrevista e a agradecer a oportunidade dos que tinham declinado.

Conclusão

É muito bom que cada um de nós tenha consciência do conhecimento que tem e dos efeitos desse conhecimento no outro. Quem estuda e busca conhecimento não precisa de competir desenfreadamente, nem de correr para o microfone para dar a resposta certa, que escutou do vizinho… Quem por natureza gosta de conhecimento e sabe, deixa que os deslumbrados cheguem primeiro. O que não o impede observar o fenómeno do Sucesso dos deslumbrados.

Quando o sucesso é tudo o que se procura perde-se a oportunidade de crescer e de conhecer… Quando o sucesso, os aplausos é tudo o que se precisa para estar bem consigo e com o mundo, vive-se com medo de não o ter e por isso a solução é discretamente atropelar pessoas, apropriar-se de realidades de outros e assegurar sempre o bem parecer, manipular diálogos, contar meias verdades e afirmar realidades que não são suas…

Como tudo é um reflexo, podemos concluir que vontade e a sede de SUCESSO de alguns artistas, vai reverberar na mesma vontade de sucesso do publico que os aplaude e por isso não nos espantemos quando ” As vozes de burros parecem chegar ao Céu”*

*Mas embora pareça… não é ao céu que chegam

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s